To comment, please login on top of the page.
If you are not registered, Sign up Free!

Other artworks of José Flacho

Details

Category :  History

Personal theme: Motivos Históricos

Submitted: 5 years 7 months ago

Date: May 14, 2013, 6:11:22 PM

File_size: 450 KB

Image_size: 587.3 KB

Resolution: 950x633

Statistics

Comments: 8  ●   Replies: 8
Favorites: 7
Unique Views: 2680

Photo description:

O CASTELO MEDIEVAL DE BELMONTE

A primitiva ocupação humana deste sítio é obscura, parecendo certo que, após a Invasão romana da Península Ibérica, teria coexistido com a estrada romana que ligava a povoação de Bracara Augusta (Braga) a Emerita Augusta (Mérida), hoje em território da Espanha.
As primeiras notícias históricas acerca destes domínios datam do reinado de D. Afonso Henriques (1112-1185), quando o senhorio das terras de Centum Cellas teria sido doado ao bispo de Coimbra (6 de Maio de 1168). Mais tarde, D. Sancho I (1185-1211), concedeu Carta de Foral à Vila (1199), que então integrava o senhorio. Posteriormente, Afonso III de Portugal (1248-1279) determinou ao bispo de Coimbra, D. Egas Tafes, que procedesse a construção de uma torre e castelo. Neste período, o bispo da Guarda comprou e vendeu casas no recinto do castelo (1253) e, três anos mais tarde, a 27 de Abril, o Papa Alexandre IV doou o Castelo de Belmonte e as povoações de Inguias e Olas de Godim à Sé da Guarda, com todos os direitos episcopais, ficando a Sé de Coimbra a manter as possessões laicas. A torre e o castelo estariam possivelmente concluídos sob o reinado de D. Dinis (1279-1325). Essas referências são confirmadas por vestígios arqueológicos dos finais do século XII e início do século XIII da demolição de casas no interior da vila para a construção do castelo e da torre de menagem.
Após o estabelecimento do Tratado de Alcanises (1297), com o consequente alargamento das fronteiras para o oeste, o Castelo de Belmonte perdeu importância estratégica, enquanto que a povoação se desenvolvia extramuros.
No contexto da crise de 1383-1385, o castelo perdeu parte das suas muralhas. Um pouco mais tarde, o Bispado de Coimbra permutou a vila de Belmonte, juntamente com o couto de São Romão, pela vila de Arganil com Antão Martim Vasques da Cunha (1392). No reinado de D. João I (1385-1433), tendo o alcaide de Belmonte, entre 1397 e 1398, aderido ao partido do infante D. Dinis, o soberano confiscou-lhe a vila e o castelo, doando-os como alcaidaria a Luís Álvares Cabral, passando a família Cabral a residir no castelo. O novo senhor procedeu a reconstrução pano da muralha a Norte, onde se abriu uma nova Porta da Traição, acrescentando-se um cubelo para reforço.
No século XV, a vila e seu castelo foram doados por D. Afonso V (1438-1481) a Fernão Cabral (1466), pai de Pedro Álvares Cabral, que prosseguiu a adaptação desta edificação militar a residência senhorial.

Maria Helena Costa wrote at May 15, 2013, 10:03:22 PM

Céu belíssimo, registo histórico Magnífico!! Parabéns e bjos

José Flacho replied:

Muito obrigado Helena.

 

Ricardo Martins wrote at May 15, 2013, 10:18:21 PM

Um belíssimo registo com grande qualidade!!! Parabéns José.

José Flacho replied:

Muito obrigado Ricardo.

 

Florbela Cavaleiro wrote at May 15, 2013, 11:27:58 PM

Conheço bem este castelo está bonito e bem conservado!! Excelente registo histórico e um resumo sempre oportuno!! A inclusão da juventude veio enriquecer e humanizar esta imagem!! Gostei muito!! Pbs José, beijinhos1

José Flacho replied:

Muito obrigado Florbela. Agora posso dizer que também conheço muito bem este castelo porque à terceira foi de vez e tive o previlégio de ter um céu estupendo e a presença de duas turmas de jovens que estavam em visita de estudo. Resta acrescentar que no dia que fotografei este castelo, porque tenho várias fotos, foi dia do meu aniversário, levantei-me às cinco da manhã para ir fotografar o nascer do sol no Pinhão e os reflexos no Douro, posteriormente estive a fotografar em PENEDONO, seguiu-se TRANCOSO e só então cheguei a BELMONTE e não resisti à tentação, apesar do cansaço, porque já tinha tentado duas vezes e não tinha conseguido devido a condições muito adversas do tempo e óbviamente não ía perder esta oportunidade. E claro a seguir fiz 250 Kms até Peniche e de seguida mais 100 até Oeiras para ir jantar com a família. Enfim, próprio de quem tem grande paixão pela fotografia. Foi um dia muito cheio e muito feliz para mim.

 

Lopez Faria wrote at May 15, 2013, 11:35:15 PM

Espetacular e enriquecido pela moldura humana!
Otimo resumo informativo!
Abraço do amigo Lopez

José Flacho replied:

Muito obrigado Lopez.

 

Isabel Soeiro wrote at May 16, 2013, 9:13:55 AM


Mais uma belíssima fotografia com um lindo céu e gosto sempre dos resumos __ bjs Zé.

P.S.

Muitos parabéns, atrasados, mas o que vale é a intenção __ bjs Zé

José Flacho replied:

Muito obrigado Isabel.

 

António Ramos wrote at May 16, 2013, 6:27:59 PM

Excelente trabalho, equilíbrio perfeito de tons e luz! Gosto!!

José Flacho replied:

Muito obrigado António.

 

Francisco Gordo wrote at May 16, 2013, 9:17:00 PM

Muito boa Flacho e até teve umas belas nuvens.

José Flacho replied:

Muito obrigado M. Gordo

 

Pedro Campos wrote at Mar 25, 2014, 7:51:33 PM

Belíssimo registo acompanhado de uma descrição soberba. Parabéns.

José Flacho replied:

Muito obrigado.

 

 

  • PodiumFoto in Social Networks
PodiumFoto in Social Networks
If you do not want to share your pictures on social networks can inactivate this feature in your preferences.

In your menu "Settings", top right of the screen, click "Preferences-privacy" and select the checkbox "Do not share partner sites and social networks".
Remember that we only publish thumbnails that link to your page or photo whose purpose is the dissemination of our authors.